Fim do expediente chegou, e com ele sempre bate aquela vontade de beber. Mas não importa se você enche a cara ou prefere suco, o  importante é você apreciar a lista embriagada que preparei para você.

Tomar um porre é uma daquelas experiências memoráveis, em que você fica mais descontraído, corajoso, criativo e atirado. E principalmente: embriagado!

Apesar de ser uma substância que age de várias formas diferentes nas pessoas. Beber e esquecer que precisa pagar as contas, que levou um pé na bunda, é bem comum.

No cinema, é possível observar os efeitos do álcool em diversos filmes. Como eu não deixaria você sem a próxima rodada, confira agora a lista de filmes com maior teor alcoólico do cinema. e de quebra saiba algumas curiosidades sobre eles.

1. Farrapo Humano (1945) Billy Wilder

10-filmes-embriagados-que-você-precisa-conhecer_farrapo-humano

Em Nova York, Don Birman (Ray Milland) sonhava ser escritor, mas não consegue alcançar esse objetivo por sofrer com um bloqueio. Assim, completamente dominado pelo álcool, ele passa a ter como única meta obter dinheiro para continuar se embriagando. Enquanto a namorada, Helen St. James (Jane Wyman), editora de uma revista, quer ajudá-lo, ele bebe cada vez mais. Sua família planeja um fim de semana sem álcool.

O filme já levou o Oscar para casa e algumas indústrias de bebidas ofereceram uma boa quantia em dinheiro para a Paramount não realizar o filme.

2. Nasce uma Estrela (1954) George Cukor

10-filmes-embriagados-que-você-precisa-conhecer_nasce-uma-estrela

Esther Blodgett (Judy Garland) é uma sonhadora artista que deseja se tornar uma grande estrela do cinema americano. Seu sonho se torna realidade quando ela conhece o astro de Hollywood Norman Maine, e os dois se apaixonam. Depois de um tempo, eles se casam, e a carreira de Esther começa realmente a decolar, ela passa a ser chamada pelo nome artístico de Vicky Lester. Só que, enquanto sua fama aumenta, seu marido está cada vez mais decadente e afundado no álcool, o que começa a abalar a carreira da esposa.

Uma das maiores estrelas do cinema, Judy Garland que interpretou de Dorothy Gale no filme clássico O Mágico de Oz de 1939, conseguiu uma das maiores atuações de sua carreira nesse filme, onde está impecável nos números musicais e se mostra mais brilhante ainda nos momentos dramáticos.

Essa foi a segunda versão do longa, o filme foi regravado duas vezes.

A versão original foi interpretada por Janet Gaynor em 1937.

10-filmes-embriagados-que-você-precisa-conhecer_nasce-uma-estrela_Janet-Gaynor

A terceira foi interpretada por Barbra Streisand em 1976.

10-filmes-embriagados-que-você-precisa-conhecer_nasce-uma-estrela-barbra

Na versão de Barbra, a atriz que queria que o papel de John Norman Howard fosse interpretado por Elvis Presley ou por Marlon Brando. Ela inclusive foi até Las Vegas para ver Elvis, depois de uma das suas performances em 1975 ,  ela conseguiu falar com ele diretamente para tentar convencê-lo a ficar com o papel. Ele até pensou em fazer, mas Colonel Tom Parker, seu agente, ficou irritado que Barbra não foi falar com ele antes de chegar até o rei do rock. Parker disse aos produtores que se eles quisessem Elvis, o nome do roqueiro teria que estar no topo do poster do filme, acima até do da Barbra Streisand. Além disso, Elvis pediu uma enorme quantia de dinheiro, e os produtores resolveram não arriscar porque ele não atuava em um filme desde 1969, e ninguém sabia como seria sua performance nas bilheterias.

Uma nova versão seria estrelada por Beyoncé, mas a cantora desistiu da atuação.

 3. Vício Maldito (1962) Blake Edwards

10-filmes-embriagados-que-você-precisa-conhecer_vicio-maldito

Joe Clay (Jack Lemmon) é um jovem publicitário que se apaixona por Kirsten (Lee Remick), uma colega de trabalho. Eles acabam se casando, mas devido a uma pressão profissional muito forte ele começa a beber cada vez mais e acaba levando a esposa para o mesmo caminho.

Um dos melhores filmes do diretor Blake Edwards, que é conhecido por suas comédias.

4. Quem Tem Medo de Virginia Woolf? (1966) Mike Nichols

10-filmes-embriagados-que-você-precisa-conhecer_Quem Tem Medo de Virginia Woolf

George (Richard Burton), um professor universitário, e Martha (Elizabeth Taylor), sua esposa que é também filha do reitor, recebem no final da noite Nick (George Segal), um jovem professor, e Honey (Sandy Dennis), sua mulher. Conforme o teor etílico aumenta, as verdades e mágoas de todas as partes começam a aparecer, numa noite de autodestruição.

Baseado na peça célebre de Edward Albee, esse sem dúvidas um dos melhores filmes sobre o tema, e a atuação de Elizabeth Taylor é uma das mais impressionante do cinema.

 5. À Sombra do Vulcão (1984) John Huston

10-filmes-embriagados-que-você-precisa-conhecer_a sombra do vulcão

Cuernavaca, México, 1938. Geoffrey Firmin (Albert Finney), um ex-cônsul britânico, torna-se alcoólatra após se separar de Yvonne Firmin (Jacqueline Bisset) e resolve permanecer morando no México com seu meio-irmão, Hugh Firmin (Anthony Andrews), o pivô da separação. Geoffrey sempre aguarda a volta da mulher e, no Dia de Finados, ela retorna repentinamente, com a finalidade de reatar seu casamento. Entretanto, as marcas da separação eram maiores do que ela imaginava.

Apesar de ser um dos melhores filmes de John Huston, é pouco conhecido pelas pessoas.

6. Ironweed (1987) Hector Babenco

MSDIRON EC001

O esquizofrênico Francis Phelan (Jack Nicholson) e a ex-cantora Helen Archer (Meryl Streep) se encontram por acaso e acabam desenvolvendo uma relação de afeto. Phelan e Helen são alcoolatras, mas tentam se ajudar mutuamente e encarar os fantasmas do passado.

Um filme tocante, com interpretações espetaculares de Jack Nicholson e Meryl Streep.

7. Barfly, Condenados Pelo Vício (1988) Barbet Schroeder

10-filmes-embriagados-que-você-precisa-conhecer_ Barfly-filme-bukowsky

Henry Chinaski (Mickey Rourke) é um escritor que não leva a vida muito a sério, sem se importar com a necessidade de pertencer ao sistema ou uma sociedade. Ele passa os dias e as noites bebendo, ouvindo rádio, brigando e quando sobre tempo, escrevendo. Em uma de suas idas ao bar, ele conhece Wanda (Faye Dunaway). A princípio a relação deles é instável e tumultuada, mas após algumas brigas eles conseguem estabelecer uma conexão verdadeira. Henry recebe a visita de uma agente literária interessada em publicar suas histórias, e ele acaba envolvendo-se com ela.

Baseado em uma “quase” autobiografia de Charles Bukowski.

10-filmes-embriagados-que-você-precisa-conhecer_ Barfly-filme-buk

O nome do filme se refere às moscas de bar, aquelas pessoas que chegam quando o bar abre e saem quando fecha.

8. Marcas de um Passado (1988) Glenn Gordon Caron

10-filmes-embriagados-que-você-precisa-conhecer_ marcas de um passado

Daryl Poynter (Michael Keaton) é um corretor imobiliário que tem problemas com álcool e drogas. Na manhã seguinte de uma festa, ele recebe um telefonema de seu patrão lhe cobrando uma enorme quantia de dinheiro que foi desviado. Desesperado, ele vai se refugiar em uma clínica de reabilitação, com o intuito de fugir das leis e punições.

Michael Keaton foi diversas vezes elogiados por essa brilhante atuação.

9. Despedida em Las Vegas (1995) Mike Figgis

10-filmes-embriagados-que-você-precisa-conhecer_ Barfly-filme-Despedida em Las Vegas

Em Los Angeles, Ben Sanderson (Nicolas Cage) é um alcoólatra que, após ter sido demitido da produção de um filme, decide dirigir até Las Vegas, onde planeja beber até morrer. Lá conhece Sera (Elisabeth Shue), uma prostituta que também morou em Los Angeles, por quem se apaixona. Ele acaba indo morar na casa dela, sendo que ela respeita o fato dele ser alcoólatra e ele respeita seu modo de ganhar a vida. No entanto, a deterioração dele é visível.

Nicolas Cage levou o Oscar de melhor ator ao interpretar o alcoólatra.

10. Smashed – De volta à realidade (2012)

10-filmes-embriagados-que-você-precisa-conhecer_ Smashed – De volta à realidade

Kate (Mary Elizabeth Winstead) e Charlie (Aaron Paul) formam um jovem casal apaixonado. Eles compartilham uma paixão pela música, risos e álcool. Com o tempo, Kate desenvolve um comportamento antissocial que compromete seu trabalho como professora. Ela então decide entrar no AA e ficar sóbria, contando com a ajuda da amiga Jenny, do vice-diretor da escola e do seu marido. Mas nem tudo será fácil nesta jornada, pois essa transformação vai trazer à tona os outros problemas da sua vida.

Aaron Michael Paul, ator norte-americano famoso por estrelar a série Breaking Bad, como Jesse Pinkman, brilhou nesse filme independente, com ótimas interpretações e sem falsos moralismos.

Se você conhece algum outro filme sobre o tema, comente aqui!

Agora é só aproveitar o Happy hour com moderação, para ter chance de assistir todo os filmes.

por proibidoler.com