cinema

Um olá para todos, meu nome é Marcelo Daros. Antes de mais nada gostaria de agradecer a oportunidade de poder ser colaborador do Lightroom Brasil. Até pelo próprio nome da coluna, devo dizer que o foco principal é abordar a função da fotografia dentro da produção cinematográfica. Hoje irei começar explicando qual a função do Diretor de Fotografia, ou do fotógrafo, dentro de um filme.Antes de mais nada, vamos dar uma rápida explicação nas funções presentes na produção de filme. Elas variam, dependendo do tamanho da produção, mas existem algumas funções que são fundamentais. São elas: Direção, Produção, Fotografia, Arte, Som e Montagem e Finalização.


Todas são importantes, e para que o resultado final de um filme seja pelo menos satisfatório, todas essas funções devem trabalhar em equipe, em perfeita harmonia. Não há espaço na produção cinematográfica para egocentrismo e mesquinharia. Todos estão juntos por um ideal final, o filme!
Tendo deixado tudo um pouco mais claro, vamos ao que interessa. O fotógrafo no cinema.
images

Como todos sabem muito bem, o cinema nada mais é do que uma sequência de fotos, que são chamadas de frames. O fotógrafo é o responsável pela captura e a posterior projeção desses frames. Ele deve participar das reuniões de pré-produção com o diretor, diretor de arte e produtor, para que a estética do filme seja definida e ele possa então definir todos os parâmetros do trabalho (equipamentos necessários, tipos de película, seus assistentes).
O fotógrafo, tendo todos os parâmetros já definidos, irá criar os esquemas de iluminação de cada cena. Qual refletor usar, como usar, se haverá necessidade de gelatinas, qual será a exposição da câmera, se ela terá que usar algum filtro. Ele deve dar atenção especial para o balanceamento de cores e luz de cada cena, para tornar o filme harmonioso e não haver grandes contrastes de um plano para o outro.
Na pós-produção o fotógrafo também tem um papel muito ativo. Ele, junto do editor, irá cuidar desse balanceamento de cores e, caso o filme tenha que ser revelado para 35mm, fazer as devidas marcações em cada plano, para que na revelação não haja discrepância nas cores e luzes. Depois de tudo estar pronto, o filme só vai a público se ele aprovar o resultado final.
Nas produções de Hollywood normalmente existe um operador de câmera, mas aqui no Brasil normalmente é o próprio fotógrafo que opera a câmera. O braço direito do fotógrafo é o seu primeiro assistente, que é responsável pela limpeza e manutenção dos equipamentos, checagem de lentes, filtros e dos atributos da câmera para cada plano, como exposição, velocidade do obturador, iris (conhecida pelos fotógrafos como diafragma), uso dos filtros, focagem, zoom, profundidade de campo. Esse primeiro assistente deve conhecer muito bem o roteiro do filme, o roteiro estético criado pelo fotógrafo e os equipamentos. Um segundo assistente se faz necessário para o transporte dos equipamentos, a troca das películas ou dos cartões de memória/hds e para a montagem de tripés ou praticáveis, e também para realizar as anotações em geral. O fotógrafo também irá precisar de uma equipe de maquinistas e eletricistas, responsáveis pelo transporte e montagem dos equipamentos de luz, gruas, travellings, dollys.
Tendo visto tudo isso, podemos dizer que o papel do fotógrafo é de suma importância em uma produção, já que ele é o responsável direto pela captação e projeção das imagens. Para que seu trabalho saia muito bem feito, e necessário que ele e sua equipe (assistentes, maquinistas e eletricistas) trabalhem em equipe, devem sempre estar interessados e estar em harmonia com as outras equipes presentes nas filmagens, já que qualquer problema irá acabar prejudicando do resultado final do filme.
Fonte: http://www.lightroom.com.br/2011/10/o-papel-do-fotogrado