Ao todo, mais de 70 obras nacionais serão exibidas para o público no evento, que acontece entre os dias 5 e 15 de dezembro, em Cuba

 

A 35ª edição do Festival Internacional do Novo Cinema Latino-americano, em Havana (Cuba), que começa no 5 de dezembro e vai até o dia 15, conta com mais de 70 filmes brasileiros em sua programação. Destes, 17 recebem a ajuda da ANCINE por meio doPrograma de Apoio à Participação de Filmes Brasileiros em Festivais Internacionais da Agência. O programa concede apoios diversos a obras audiovisuais oficialmente convidadas a participar de 77 eventos, entre mostras e festivais de cinema, no exterior.

 

Além dos apoios já divulgados aos longas “Éden”, de Bruno Safadi, e “A memória que me contam”, de Lúcia Murat”, ambos na Seleção Oficial de Obras em Competição; e “O lobo atrás da porta”, de Fernando Coimbra, “Tatuagem”, de Hilton Lacerda,  “Estação Liberdade”, de Caito Ortiz, e “De menor”, de Caru Alves de Souza, que concorrem ao prêmio Opera Prima, outros 11 filmes foram contemplados pela Agência com um apoio suplementar para participação no festival.

 

Os curtas-metragens “Meu amigo Nietzsche”, de Fáuston da Silva, “O Fim do filme”, de André Dib, e “O pacote”, de Rafael Aidar, todos na competição de Curtas de Ficção, receberam auxílio financeiro do Programa. Na competição de Animação, três dos cinco brasileiros na programação também foram contemplados pelo programa: “Até que a Sbórnia nos separe”, de Otto Guerra, e “O menino e o mundo”, de Alê Abreu, receberam apoio financeiro. Já o longa “Uma história de amor e fúria”, de Luiz Bolognesi, foi contemplado com a confecção e o envio da cópia do filme para o evento.

 

“Flores raras”, de Bruno Barreto, sobre a história de amor entre a poeta norte-americana Elizabeth Bishop e a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares, que será exibido fora de concurso, receberá da ANCINE o apoio completo – auxílio financeiro, confecção e envio de cópia. Além destes, quatro documentários em competição também foram contemplados pelo Programa de Apoio da ANCINE: “São Silvestre”, de Lina Chamie, e “Os dias com ele”, de Maria Clara Escobar receberão apoio financeiro pelo programa. Já “Sopro”, de Marcos Pimentel, e “Elena”, de Petra Costa, além da verba para auxílio na promoção do filme, tiveram a confecção e o envio da cópia providenciados pela Agência.

 

 

Festival exibirá mais de 70 filmes brasileiros

 

Contando com as produções contempladas pelo Programa de Apoio à Participação de Filmes Brasileiros em Festivais Internacionais da ANCINE, mais de 70 filmes nacionais representam o Brasil no Festival de Havana. A mostra América Latina em Perspectiva terá quatro filmes brasileiros nas seções Música, câmera, ação; quatro documentários na seção Cidades e outras paisagens e três na seção Memória; a seção Vanguardia conta com mais quatro filmes nacionais; Cinemateca Latino-americana tem dois; e a seção Para todas as idades programou seis filmes infanto-juvenis do Brasil, entre eles “Meu pé de laranja lima”, de Marcos Bernstein, baseado na obra de José Mauro de Vasconcelos, e “Tainá – a origem”, de Rosane Svartman. Na seção Arte e tradição, serão exibidos os documentários “Cidade cinza”, de Marcelo Mesquita e Guilherme Valiengo, “Ouvir o rio: uma escultura sonora de Cildo Meireles”, de Marcela Lordy, “Confete”, de Jo Serfaty e Mariana Kaufman, “Pausas”, de Margarita Hernandez, e “Revelando Sebastião Salgado”, de Betse de Paula. As seções A sala cheia, À meia noite, Em sociedade e A hora do curta também exibirão filmes brasileiros produzidos entre 2012 e 2013.

 

A  mostra Outras Latitudes contará com uma seção especial de curtas-metragens selecionados pelo Festival de Gramado; e na mostra Entornos, o longa “Mundo invisível” , produzido pela Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, pela Gullane Filmes e pela HBO Films, e dirigido por vários diretores brasileiros e estrangeiros, ganhará uma apresentação especial, juntamente com filmes da Argentina, Cuba, Espanha, Estados Unidos, Trinidad e Tobago e Venezuela.

 

Clique aqui e confira a programação completa do Festival Internacional do Novo Cinema Latino-americano de Havana.

 

fonte: Ancine