Considerado o maior evento dedicado ao cinema periférico no mundo, Festival exibirá filmes de 7 países diferentes e terá a Comunidade como tema central.
Em seu oitavo ano de realização, o Festival, que se dedica exclusivamente à difusão de filmes realizados por ONGs, Associações, Coletivos, Universitários, Periferias e Produtores Independentes e Periféricos, traçará um panorama do cinema periférico produzido no mundo e focará suas atividades na Comunidade de Heliópolis.
Na abertura oficial, que acontece nesta terça-feira, 12/11, às 20h, no SESC IPIRANGA, será exibido o longa-metragem inédito MEMÓRIAS DE HELIÓPOIS, de Bruna Lessa. O filme busca mostrar a vida dos moradores do bairro, especialmente aqueles que acompanharam o desenvolvimento do local, assim como líderes comunitários. Também serão exibidos 02 curtas-metragens inéditos, realizados nas oficinas de capacitação desenvolvidas durante o Festival.
Já a MOSTRA COMPETITIVA, que acontecerá no sábado, 16/11, a partir das 15h, na sede do projeto CINE FAVELA, exibirá 16 curtas-metragens, entre eles 06 são internacionais, provenientes de país como França, Ucrânia, Espanha, Panamá, Portugal e Alemanha. Os estados de SP, RJ, BH, SE, RS e PR também estão representados.
O encerramento do evento será realizado no POLO CULTURAL DE HELIÓPOLIS, no domingo, 17/11, às 17h. Na ocasião, será conhecido o melhor filme do Festival, eleito pelo voto popular. A sessão também contará com a exibição do longa-metragem COPA VIDIGAL, de Luciano Vidigal, e de uma apresentação de músicos do Instituto Baccareli.
Já a MOSTRA COMPETITIVA, que acontecerá no sábado, 16/11, a partir das 15h, na sede do projeto CINE FAVELA, exibirá 16 curtas-metragens, entre eles 06 são internacionais, provenientes de país como França, Ucrânia, Espanha, Panamá, Portugal e Alemanha. Os estados de SP, RJ, BH, SE, RS e PR também estão representados.

 

O encerramento do evento será realizado no POLO CULTURAL DE HELIÓPOLIS, no domingo, 17/11, às 17h. Na ocasião, será conhecido o melhor filme do Festival, eleito pelo voto popular. A sessão também contará com a exibição do longa-metragem COPA VIDIGAL, de Luciano Vidigal, e de uma apresentação de músicos do Instituto Baccareli.

Todas as atividades são gratuitas.