film_is_not_dead-slide_480w
É com essa chamada que a Kodak decidiu iniciar uma campanha mostrando que, mesmo com todos os anúncios de novas câmeras pela Arri, Red, JVC e Sony, o filme negativo ainda é presença firme e forte no cinema, e cita que as produções mais impressionantes dessas férias como Star Trek Into Darkness, Man of Steel e The Lone Ranger ainda usam essa mídia.
Man-Of-Steel-Henry-Cavill-Kal_El-3-300x198
Atualmente, vemos que a distância que separa uma bela imagem feita num filme negativo, da imagem feita num sensor eletrônico é cada vez menor. E claro, e muito do sucesso da imagem está mais do que nunca ligado à habilidade técnica e criativa do diretor de fotografia, do que ele estar usando uma mídia analógica ou digital.
Ninguém duvida ou duvidou que o filme negativo é capaz de imagens extremamente belas, mas felizmente chegamos numa tecnologia nas câmeras DSLR como a Canon 5D Mark III ou mesmo a Panasonic GH2 e GH3, em que você não precisa desembolsar 30 a 50 mil reais pra filmar e revelar algumas poucas latas de filme negativo. O filme pode não estar morto, mas o lema é: Viva a revolução digital das câmeras DSLR (ou HDSLR), como você preferir!
Fonte: http://bit.ly/1aF3f4v