Este é o terceiro prêmio internacional de “O dia que durou 21 anos” nos últimos dois meses.

O documentário “O dia que durou 21 anos”, de Camilo Tavares, acaba de ganhar o prêmio de Melhor Documentário Estrangeiro no Festival Internacional de Cinema de Saint-Tropez, na França, que terminou no último dia 17. O filme revela segredos dos bastidores do Golpe Militar de 64, mostrando documentos e gravações que apontam para uma possível articulação norte-americana para derrubar o presidente João Goulart.
O longa, produzido e distribuído pela Pequi Filmes, que estreou comercialmente nos cinemas brasileiros em 29 de março, já havia ganho, no mês de abril, Prêmios Especiais do Júri na 22ª edição do Festival Internacional de Cinema no Arizona e no 29º Festival de Cinema de Long Island, ambos nos Estados Unidos.
odiaqueduroufichamateria

Assista ao trailer de “O dia que durou 21 anos”


Fonye: Site Ancine, saiba mais em (http://ancine.gov.br/sala-imprensa/noticias)