quinta-feira, 4 de abril de 2013 – Notícias – Festivais e premiações

Principal festival de documentários do país tem sessão de abertura hoje, em São Paulo.

por Francisco Russo

 

20524967
Foi dada a largada para o Festival É Tudo Verdade, principal evento relacionado aos documentários realizado no país. O festival tem início hoje, com uma sessão em São Paulo do filme Paulo Moura – Alma Brasileira. Dirigido por Eduardo Escorel, o longa-metragem acompanha a carreira do músico que dá nome ao filme através de registros filmados e escritos ao longo de 40 anos.

Amanhã, 5 de maio, será a vez do Rio de Janeiro sediar a abertura do festival, com a exibição de Plimpton! Estrelando George Plimpton como Ele Mesmo, da dupla Tom Bean e Luke Poling. O longa-metragem apresenta um relato sobre a vida de George Plimpton, um dos fundadores da revista literária Paris Review, uma das mais conceituadas no mercado editorial americano.

O público paulistano e carioca poderá conferir a programação completa do É Tudo Verdade a partir desta sexta, 5 de abril, até o próximo dia 14. Entre os dias 16 e 21 será a vez dos cinéfilos de Brasília terem a chance de conferir os filmes selecionados, enquanto que Campinas sediará o festival entre os dias 23 e 28 deste mês. A programação completa de todas as cidades pode ser conferida no site oficial do evento.

Confira abaixo a lista completa dos filmes selecionados para o É Tudo Verdade 2013.

Competição Brasileira – Longas e Médias-Metragens

A Alma da Gente, de Helena Solberg e David Meyer
Antártica, de Evaldo Mocarzel
Em Busca de Iara, de Flavio Frederico
Mataram Meu Irmão, de Cristiano Burlan
Ozualdo Candeias e o Cinema, de Eugênio Puppo
Serra Pelada – A Lenda da Montanha de Ouro, de Victor Lopes
O Universo Graciliano, de Sylvio Back

Competição Brasileira – Curtas-Metragens

Alexina – Memórias de um Exílio, de Claudio Bezerra e Stella Maris Saldanha
Coração de Estudante, de Emílio Gallo
Gericinó – Do Lado de Fora, de Gabriel Medeiros e Maria Clara Senra
Um Filme de Bonecos, de Tulio Viaro
O Pai do Gol, de Luiz Ferraz
Pátio, de Aly Muritiba
Sanã, de Marcos Pimentel
São Paulo Miniatura, de Wiland Pindsdorf
Simulacrum Praecipitii – A Visão do Abismo, de Humberto Bassanelli

Curta Hors Concours

A Guerra dos Gibis, de Thiago Brandimarte Mendonça e Rafael Terpins
O Fim do Esquecimento, de Renato Tapajós
Sinfonia Paulistana, Um Novo Olhar, de Rogério Zagallo

Mostra O Estado das Coisas

Cidade Cinza, de Marcelo Mesquita e Guilherme Valiengo
Das Almas, de Tiago Tambelli e Guilherme Canton
Louceiras, de Tatiana Toffoli
Sobre Sete Ondas Verdes Espumantes, de Bruno Polidoro e Cacá Nazário

 

Fonte: AdoroCinema