Evento acontece em novembro na capital holandesa. Filmes brasileiros selecionados para as competições podem solicitar apoio à ANCINE

idfa-amsterdam

As inscrições para o 26º Festival Internacional de Documentários de Amsterdã – IDFA, que acontece entre os dias 20 de novembro e 1º de dezembro na capital holandesa, estão abertas. Também estão abertas as inscrições para o Docs For Sale, evento de mercado promovido pelo festival que reúne compradores, agentes de vendas, distribuidores e programadores, e para oBertha Fund, fundo que há 15 anos apoia documentaristas de países em desenvolvimento. O prazo para solicitação de apoio ao fundo é o dia 15 de maio. Veja o regulamento do Bertha Fund.

Os prazos de inscrição nas mostras do festival são 1º de maio, para obras finalizadas entre 1º de agosto de 2012 e abril de 2013, e 1º de agosto, para filmes completos após abril deste ano. Documentários brasileiros podem participar da Competição de Longas-metragens, que aceita obras com mais de 60 minutos e que tenham participado de, no máximo, dois festivais até a realização do IDFA; da Competição de Médias-metragens, para filmes com duração entre 45 e 60 minutos; da Competição de Primeiras Obras, que considera o primeiro ou segundo filme do diretor; Competição de Documentários Estudantis, aberta também a produções universitárias de faculdades de cinema; IDFA DocLab – Competição de Narrativas Digitais, aberta a produções que mostrem novas formas de narrativa de documentário, novas tecnologias de representação da realidade e produções que façam parte de narrativas transmídia, como filmes para internet, projetos multiplataforma, aplicativos móveis, podcasts e instalações multimídia. Os prêmios das seções competitivas serão em dinheiro, com valores que variam de 1,5 mil a 10 mil euros, de acordo com a categoria. Confira o material que deve ser enviado, taxa de inscrição e o regulamento no site oficial do evento. O festival proverá acomodação em hotéis para realizadores não-residentes na Holanda.

Produções nacionais também podem ser selecionadas para as seções Não Competitivas Best of Fests, dedicada a filmes de impacto no circuito internacional de festivais; Masters, dedicada a documentaristas renomados; Panorama; Paradocs, de filmes experimentais; e Kids & Docs, para obras que capturem a experiência de jovens e crianças.

 

Filmes brasileiros selecionados para as seções competitivas podem solicitar apoio à ANCINE por meio do Programa de Apoio à Participação de Filmes Brasileiros em Festivais Internacionais. Para o IDFA, o apoio concedido pela Agência é do tipo A (confecção de cópia legendada, envio de cópia e apoio financeiro para promoção do filme). Clique aqui para mais informações sobre o programa de Apoio.

O Festival também promove workshops e programas de treinamento para estudantes, e o Fórum IDFA de cofinanciamento e coprodução, cujas inscrições estarão abertas a partir do mês de julho, até o início de setembro. Saiba mais sobre o 26º Festival Internacional de Documentários de Amsterdã – IDFA e confira também o site do IDFA Doclab.

 

fonte Ancine