por Dario PR – Colaborador PORTAL DO CURTA

Mostra de Cinema de Tiradentes - Cinema ao Ar Livre

 

Está acontecendo de 18 a 26 de janeiro de 2013 na histórica cidade mineira a 16ª Mostra de Cinema de Tiradentes, um evento que já se caracteriza no panorama nacional como uma importante vitrine para o Cinema Brasileiro. Serão exibidos 131 filmes nacionais em 54 sessões gratuitas.

Chama atenção na programação desse ano, a grande quantidade de filmes produzidos fora do eixo Rio-São Paulo, principalmente no nordeste. 65% dos longas em exibição são produções da Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Paraná e Minas. Não é à-toa que o tema proposto para os debates da Mostra esse ano é “Fora do Centro”. Mas não foi apenas a geografia que mudou. A cultura digital alterou a maneira de se produzir cinema, e também o resultado das obras. Um novo cenário cinematográfico se configura no Brasil e deve render uma boa discussão.

 Mostra de Cinema de Tiradentes - Simone Spoladore

FOTO SIMONE SPOLADORE

A homenageada desta edição é a atriz paranaense Simone Spoladore que, apesar de ter apenas 33 anos, já se destaca no cenário cinematográfico brasileiro pelo talento e pela qualidade das escolhas que faz. Seus três últimos longas estão sendo exibidos e debatidos em Tiradentes: “Nove Crônicas para Um Coração aos Berros” (DF) de Gustavo Galvão, “A Memória que Me Contam” (RJ) de Lúcia Murat e “Sudoeste” (SP) de Eduardo Nunes.

Entre os diversos destaques temáticos, a já tradicional Mostra Aurora – voltada a jovens diretores com até três longas-metragens na carreira e “que primam pela inquietação formal ainda não legitimada” – tem 7 concorrentes, sendo 2 de ficção (Ferrolho e Linz-Quando Todos os Acidentes Acontecem) e 5 documentários (Ventos de VallsMatéria de ComposiçãoNas Minhas Mãos Eu Não Quero PregosFlutuantes e Os Dias com Ele).

 Mostra de Cinema de Tiradentes - Onde Borges Tudo Vê

FOTO ONDE BORGES TUDO VÊ

O filme de abertura na noite de sexta foi o longa paraibano “Onde Borges Tudo Vê”, de Taciano Valério. A história é uma livre adaptação do conto homônimo publicado no livro Fragmentos de um Olhar lançado em 2002 de autoria do próprio Taciano. Napoleão é um cego dono de um hamster e fã da literatura de Jorge Luis Borges. Ele diz guardar uma obra do grande escritor argentino que ninguém no mundo possui. O filme recebeu o prêmio de Melhor Longa no Festival Lume de Cinema 2012, e conta com brilhantes atuações de atores paraibanos reconhecidos nacionalmente, como Everaldo Pontes (Napoleão), Verônica Cavalcanti (Yara), Fabiano Raposo (Romão) e Paulo Philippe (Vladimir).

A Mostra conta com três espaços de exibição: o Cine-Praça, no Largo das Fôrras (espaço ao ar livre para mais de 1.000 espectadores); o Complexo de Tendas, que sedia a instalação do Cine-Tenda (com 700 lugares), e o Cine-Teatro (com platéia de 150 lugares), que funciona no Centro Cultural Yves Alves – sede do evento, na Rua Direita (Centro Histórico).

Confiram a programação completa da Mostra no site do evento:

http://www.mostratiradentes.com.br/programacao.php

 

Grande abraço