Enviado por Francine de Mattos
topo.jpg
Iremos falar das lentes que permitem aos seus usuários uma perspectiva muito mais ampla na hora de fotografar. As lentes wide angle ou no bom português, lentes grande angular são bastante utilizadas para fotografar paisagens e registrar cenas que acontecem em ambientes pequenos onde exige uma perspectiva maior dor ângulo (fotografia de decorações e arquitetura).Uma teleobjetiva, por definição, puxa a luz vindo diretamente pela frente dela, enquanto uma grande angular, por definição, atrai a luz das laterais também. Por isso a dificuldade e o custo extra.É importante lembrar que as lentes muito “wide” podem, na maioria das vezes, distorcer as suas imagens, especialmente nas extremidades onde eles podem ficar bastante curvadas. Tal resultado pode ser usado como efeito, só que em certas situações pode ser algo muito frustrante.

Mas existem dois tipos de lente grande angular:

A fisheye ou olho-de-peixe

Bastante conhecida por causar um efeito típico de arredondamento das bordas. Cobrem um ângulo de 180 graus (objetiva de 8 mm) até 220 graus (objetiva de 6 mm).

A “normais“:

Uma lente que tenta corrigir essa anormalidade do arredondamento. Como resultado se consegue linhas retas ao invés de curvadas. Pois é esse tipo de lente que é mais comumente utilizada em arquitetura.
lentes.jpg

O segredo é o enquadramento

O uso de grande angular exige um enquadramento diferente do utilizado em uma objetiva “normal” ou teleobjetiva. Se a foto for feita de forma convencional, tudo ficará afastado e sem graça, típica de amador. O segredo da grande angular é fazer composições mais criativas do alto ou bem de baixo.

Fotogrando com lentes wide-angle:

grande angular